É o recurso da Internet, cuja tarefa consiste em recolher, analisar e propagar a informação referente ao papel importante do enxofre na nutrição de plantas.
Tempo do enxofre > Fertilizantes que contêm o enxofre

Fertilizantes que contém o enxofre

NS 30:7 / 29:8 / 26:13

Fertilizantes com alto conteúdo do nitrogênio com enxofre. A combinação do componente amoníaco ou nítrico do nitrogênio garante a presença deste elemento nutritivo das plantas durante o período de vegetação. Os produtos contêm enxofre em forma dos sulfatos solúveis. A aplicação destes fertilizantes permite aumentar a quantidade do fósforo acessível para as plantas no solo. Os produtos são eficazes na produção dos cereais e das culturas oleáceas, assim como das plantas crucíferas e forrageiras.

NS30:7 é o fertilizante novo e fisiologicamente neutro. Graças à resistência elevada dos grãos este produto representa o componente ideal para a preparação das misturas de fertilizantes que contém o enxofre (uma boa alternativa ao sulfato de amónio). O produto melhora a absorção pelas plantas do fósforo e, além disso, contribui para a extração dos fosfatos acumulados no solo, melhorando as caraterísticas comerciais dos produtos obtidos (aumenta o conteúdo da proteína nos cereais e do óleo nas culturas oleáceas). Possui propriedades físicas e químicas ótimas (não se amassa e não levanta poeira).

NS 26:13 é um dos fertilizantes nitrogenados que contém o enxofre mais usados na Europa. Este fertilizante fisiologicamente ácido é aplicado nos solos alcalinos (ou neutros); aumenta a acidez do solo, melhorando as propriedades relacionadas com a absorção do fósforo que entrou no solo nos anos passados.

CAN+S 27:4

Fertilizante de nitrogênio e cálcio fisiologicamente não ácido. O cálcio contribui para a qualidade de tubérculos, raízes, frutas e legumes, melhorando a cor de legumes e frutas. O fertilizante CAN+S tem a reação neutra e cria condições ótimas para a absorção pelas plantas do nitrogênio. Pode ser usado para todos os tipos dos solos, sendo a aplicação mais eficiente nos solos ácidos. CAN+S é amplamente propagado como fertilizante para repolho e colza.

NPKS 16:16:16:8 / 15:15:15:10

Um dos fertilizantes combinados mais eficientes e propagados com proporções equilibradas dos elementos nutritivos nas formas solúveis em água. É usado como fertilizante principal na primavera e antes do período de semeação no Outono (aplicação para arado). É recomendado para a aplicação em todos os tipos de solos e para todos os tipos de plantas agrícolas e cereais, gramíneas, beterraba sacarina e ervas, sendo também o fertilizante ideal para colza e culturas oleáceas graças ao alto conteúdo do enxofre.

Fosfatos sulfónicos de amónio NPS 14:34:0:8 / 20:20:0:14 / 16:21:0:14

Fertilizantes granulados amplamente propagados que contêm fósforo nas formas solúveis em água. Nitrogênio amoniacal ajuda as plantas a absorver fósforo. Fosfatos sulfónicos de amónio são aplicados para todos os tipos de solos e para todas as culturas agrícolas. Este produto pode ser aplicado com fertilizante principal na Primavera e como fertilizante adicional durante todo o período de vegetação. É mais eficiente para trigo, girassol e outras culturas oleáceas, assim como para a aplicação nas estufas.

NPK-fertilizantes combinados que contêm enxofre, por exemplo, NPKS 27:6:6:2 / 22:7:12:2 / 21:10:10:2

Fertilizante mineral combinado altamente eficiente que inclui todos os elementos primários necessários para o crescimento e o desenvolvimento das plantas. O produto pode ser aplicado com fertilizante principal quer antes da semeação, quer como fertilizante de Primavera. É compatível com a maioria das culturas agrícolas. Graças ao enxofre contido este produto é eficiente para a cultivação das culturas leguminosas, gramíneas e oleáceas. O enxofre aplicado junto com o nitrogênio participa nos processos da síntese da proteína.

DAP+S / MAP+S 18:47:0:3 / 12:52:0:2

NP-fertilizantes granulados concentrados com o nível equilibrado de nutrientes. É ideal para melhorar a resistência das plantas à intempérie, precisamente, seca, geada, assim como a diversas afeções. O teor do fósforo contribui para a acumulação de açúcares em tubérculos e frutos. Estes produtos são amplamente aplicados para todos os tipos das culturas agrícolas e para todos os tipos dos solos como fertilizante principal e como fertilizante no período de Primavera e de Verão para acelerar a maduração das frutas.

Sulfato de potássio e magnésio (K2SO4 * MgSO4)

Sulfato de potássio e magnésio é o sal duplo que contém 18% K (22% K2O), 11% Mg и 22% S. A sua vantagem principal é a nutrição das plantas tanto com Mg, como com S; este produto é frequentemente usado para a preparação das misturas de fertilizantes destinadas para a nutrição dos solos com magnésio e enxofre no caso da carência destes dois elementos. Este fertilizante é especialmente útil nos casos quando são necessários os índices baixos de cloretos para a cultivação das culturas, a saber: tabaco, batata, pêssego, alguns tipos de plantas leguminosas e relva para gramados.

Sulfato de amónio (NH4)2SO4

Dissolve-se bem em água, mas a proporção N:S~1:1 é demasiado alta para a maioria das plantas. Não deve ser aplicado nos solos ácidos devido a pH baixo deste produto. A maior parte do sulfato de amónio acessível na rede comercial é o produto cristalino, dificultando-se por este motivo a sua aplicação junto com outros fertilizantes granulados.

Produtos granulados à base do enxofre e da lama bentonítica

Para elevar a eficácia do S elementar granulado foram desenhados vários tipos dos S-fertilizantes bentoníticos que incluem de 5 a 10 % dependentemente do peso da lama em estado de dilatação, por exemplo, do bentonite. As partículas de S-bentonite são misturadas com fertilizantes sólidos que contêm N, P e K. No caso da aplicação no solo o componente bentonítico absorve a humidade do solo, garantindo a desintegração em forma das partículas trituradas do enxofre que se transformam rapidamente no solo em forma de SO42-.

Carbamida enriquecida com enxofre

Fertilizante que representa carbamida enriquecida enxofre (SCU) desenhado para elevar a eficiência do uso de carbamida. Os grânulos de carbamida são cobertos de uma camada de enxofre. Estas partículas contêm de 77% a 82% da carbamida (36% e 38% do nitrogênio) e de 14% a 20% da adição de enxofre. Não obstante a insuficiência provável do enxofre contido na adição para a eliminação da deficiência de enxofre logo após a aplicação ou no decurso do primeiro ano após a aplicação, este produto vai servir sempre da fonte necessária do enxofre no futuro.

Solução de tiossulfato de amónio (ATS)

Solução de tiossulfato de amónio (ATS) é a fonte amplamente propagada do enxofre a ser usado como fertilizante líquido graças à sua compatibilidade com diversos iões. Solução de tiossulfato de amónio (ATS) como fertilizante inclui a solução de água de 60% com fórmula 12-0-0-26S. O fertilizante é compatível em proporção qualquer que seja com uma solução que contém fosfatos neutra ou ligeiramente ácida ou uma suspensão, assim como com as soluções aquosas de amoníaco e de outros fertilizantes de nitrogênio, para garantir diversas fórmulas, quer dizer, N-S, N-P-S e N-P-K-S. Solução de tiossulfato de amónio (ATS) pode ser usada imediatamente na irrigação por gotejamento, pulverização ou por meio da aplicação nos sistemas de irrigação.

Solução que contém sulfato de amónio e carbamida (UAS)

Este fertilizante líquido inclui sulfato de amónio ureica, sendo especialmente útil para a aplicação nas terras que têm o sistema de irrigação por gotejamento.

Sulfato de cálcio CaSO4 (gesso, fosfogesso)

É uma fonte barata de enxofre, cuja desvantagem consiste na solubilidade baixa em água, e, por conseguinte, na acessibilidade reduzida para as plantas.

Enxofre elementar

É uma fonte barata, mas deve-se tomar em consideração que o enxofre puro não pode ser absorvido pelas plantas. Isso só é possível em forma de iões de sulfato. O enxofre é oxidado no solo até iões de sulfato quando são criadas certas condições (temperatura, humidade, etc.). Para isso são necessárias algumas semanas. Além disso, deve-se tomar em consideração o fato de a conversão do enxofre elementar em iões de sulfato ter os limites de apenas 10-15%.